Thursday, December 10, 2009

LUA NOVA



LUA NOVA (New Moon, de Chris Weitz) é a continuação do estrondoso sucesso Crepúsculo, de 2008. E faz um sucesso estrondoso entre os adolescentes, apesar de como o seu antecessor, ser muito fraco. Crepúsculo, no entanto, tinha a seu favor o ineditismo (afinal, não é todo o dia em que vampiros se controlam para não saírem por aí sugando o sangue de reles mortais. A outra excessão é a boa série da HBO True Blood).
Em LUA NOVA, continua a saga de Bela (Kristin Stewart), apaixonada pelo vampiro Edward (o fraco ator Robert Pattinson). Aqui ela entra em crise de identidade porque ao fazer 18 anos, vê que está envelhecendo, enquanto que seu amado Edward terá para todo o sempre 17 tenros anos de idade. Ao mesmo tempo, ele decide afastar-se dela, para evitar que ela fique em perigo (o que é contraditório, afinal, não seria mais sensato ele ficar ao lado dela para defendê-la de perigos?). O rapaz chega a se refugiar no Rio de Janeiro, que é o mostrado de dentro de uma maloca, onde ao fundo vê-se a imagem digital do Cristo Redentor.
Bem, sem Edward por perto, Bela começa a ser cortejada por seu amigo e confindente, o índigena Jacob (Taylor Lautner, outro afeito a caras e bocas e péssima interpretação), que guarda um segredo, ao mesmo tempo é uma maldição para o seu povo. E dá-lhe mostras de músculos, para delírio das garotinhas, e efeitos especiais, por sinal, fraquíssimos, para os garotos.
LUA NOVA acaba não se sustentando, preso a um roteiro fraco e atuações desastrosas. Mas quando se tem 15 anos, o que importa?
Cotação: ruim
Chico Izidro

1 comment:

Mariana said...

Confesso que não estava empolgada como eu estava ano passado com a estréia de Crepúsculo, mas isso se deve ao fato de eu ter quebrado a cara com o filme. Sinceramente o filme é MUITO ruim, quer dizer, a trilha é legal, a direção é mais ou menos, a adaptação é terrível e o roteiro nem se fala (completamente imaturo e mal desenvolvido).

http://gargalhandopordentro.blogspot.com/