Saturday, December 14, 2013

"Carrie, a Estranha"

Refilmagem do clássico de 1976 dirigido por Brian de Palma e baseado no romance de Stephen King, de 1974, "Carrie, a Estranha", agora dirigido por Kimberly Peirce, trata de bullying e fanatismo religioso. Carrie é uma jovem solitária, criada por uma mãe fanática religiosa. Certo dia, ela menstrua na escola, e como nunca conversou com a mãe sobre isso, acha que está morrendo, virando motivo de chacota das colegas.

A mãe, Margareth (Juliane Moore), acha que Carrie vai atrair o macharedo e lhe incute mais preconceitos religiosos. À véspera do baile de formatura, Carrie é convidada por Tommy (Ansel Elgort) para ir à festa, que acabará em tragédia após ela ser banhada com sangue de porco, logo depois de ter sido eleita rainha do baile. Com seus poderes telecinéticos, Carrie mata todos que estão no salão, vingando-se do bullying da forma mais cruel possível.

Nesta nova versão, algumas diferenças em relação ao filme setentista. A começar por Carrie logo tomando conhecimento de seus poderes - na primeira versão, a jovem só ficava ciente de seus poderes na festa. E agora Carrie é vivida por Chloë Grace Moretz, de "Kick-Ass", e ela não tem o perfil para viver a jovem perturbada, ao contrário de Sissy Spacek, dona de um jeitão esquisito e looser, o que não é encontrado em Chlöe. Porém Juliane Moore está excelente como a mãe fanática religiosa, até superando a ótima atuação de Piper Laurie em 1976.

Cotação: regular
Chico Izidro

No comments: