Wednesday, November 24, 2010

Red - Aposentados e perigosos



Num ano em que filmes focando grupos como Os Mercenários e Esquadrão Classe A, sai agora mais do mesmo gênero. É Red - Aposentados e perigosos (a sigla significa Retired Extremely Dangerous ou Aposentados Extremamente Perigosos). Aqui é mostrado um grupo de agentes veteranos que é obrigado a voltar à ativa depois de descobrir que passou a ser alvo do FBI. O vilão é o vice-presidente dos Estados Unidos, que pretende apagar pistas de um crime cometido pela agência na América Central nos anos 1980.
Red, dirigido pelo alemão Robert Schwentke, é um misto de comédia com filme de ação e baseado em história em quadrinhos da DC Comics, de Warren Ellis e Cully Hamner, lançado no começo da década.
O principal personagem é o durão Frank (Bruce Willis, sempre à vontade no papel de pistoleiro), que mantém uma paquera com uma atendente da previdência americana, a solitária Sarah (Mary-Louise Parker, do seriado Weeds). Na tentativa de descobrir quem tenta eliminá-lo, Frank vai atrás de seus ex-parceiros, todos eles como diz o título, aposentados, para ajudá-lo a descobrir o motivo da perseguição. O primeiro é o doidão Marvin (John Malkovich), que passou anos sendo submetido a doses cavalares de LSD e ficou paranoico. Depois surge Joe (Morgan Freeman) e Victoria (pasme, Hellen Mirren, quie declarou ter se sentido muito bem no papel de uma assassina sanguinária). E enquanto viajam pelos Estados Unidos, são perseguidos por um agente novato e fanático do FBI, William Copper (Karl Urban, de Star Trek, em bela atuação).
O filme, evidentemente, não é feito para pensar. Mas é chato. Tudo bem que é baseado em uma HQ, porém é difícil engolir uma cena em que uma bala de um revólver consegue deter míssel de uma bazuca. E se os caras são tão ágeis atiradores, por que não conseguem acertar o alvo nunca? Red é para ser esquecido.
Cotação: ruim
Chico Izidro

1 comment:

Mariana said...

Também não gostei muito, apesar do bom elenco. Podia ter sido melhor:(