Thursday, May 28, 2015

“Promessas de Guerra”



O fazendeiro australiano Joshua Connor (Russel Crowe) é atormentado por fantasmas. Seus três filhos foram para a I Guerra Mundial e na Batalha de Gallipoli, na Turquia, em 1915, desapareceram em ação. Passados quatro anos, Joshua não tem sossego e a mulher, deprimida, cobra dele pelo sumiço dos garotos. Então Joshua deixa sua fazenda e parte numa viagem para tentar recuperar os corpos dos filhos – pois passados quatro anos, certamente eles pereceram na guerra.

Em “Promessas de Guerra”, direção do próprio Russell Crowe, ao chegar a Turquia, Joshua encontra dificuldades para poder chegar ao território onde os jovens foram vistos pela última vez. Até que ganha a simpatia de um soldado turco, que participou da Batalha de Gallipoli, e que decide ajudar o australiano em sua busca.

O filme tem acertos, mas também erra. E desnecessariamente. Principalmente um improvável romance entre o protagonista e uma viúva turca, Ayshe (Olga Kurylenko), dona do hotel em que ele se instala ao chegar em Istambul, sem contar a batalha final, envolvendo os invasores gregos e os turcos e um Russell Crowe virando um herói fora de hora. Também gritante é que os turcos, mesmo os de classe baixa, saem falando inglês normalmente quando conversam com o fazendeiro. Mas acerta ao recriar cenas fantásticas de batalhas. E até a reconstituição de época é perfeita, com detalhes como as roupas.

Cotação: bom
Chico Izidro

No comments: