Friday, April 03, 2009

DÚVIDA



Dúvida (Doubt, de John Patrick Shanley ) traz um belo embate entre dois grandes atores.A veterana Meryl Streep e um dos melhores da nova geração, Phillipe Seymour Hoffman. Ele é o padre Brendan Flynn, acusado de pedofilia pela freira Aloysius (Streep) no início dos anos 1960, mais exatamente um ano após o assassinato do presidente JFK. Dúvida é cheia de simbologias. A escola em que os dois trabalham pretende se inserir num novo mundo, abrindo suas portas para um aluno negro, Donald (Joseph Foster), que terá de estudar entre crianças de descendência italiana e irlandesa. Ou seja, terá de superar o racismo, forte mesmo no norte dos Estados Unidos, mais liberal do que o sul do país.
O garoto ajuda nas missas como coroinha e no restante do tempo, mantém-se distante. Só encontrando conforto com o padre Flynn. Isso faz com que a freira acredite que haja muito mais do que afeto entre o padre e o garoto. Flynnm por mais que negue intimidades com o menino, usa unhas longas, como se fosse um lobo mau à espreita de alguma vítima incauta.
Duas cenas são excepcionais. Numa, Flynn e Aloysius discutem na sala dela, com olhos nos olhos e que deixa um clima pesado no ar. Na outra, a freira conversa com a mãe de Donald, interpretada por Viola Davis. É de arrasar a cena das duas numa praça, onde a mãe acredita que o menino não é tão inocente quanto se pensa. No final...bem, veja o filme e tire suas conclusões.

No comments: