Thursday, February 05, 2015

"Corações de Ferro"

A II Guerra Mundial aproxima-se de seu final e o exército americano já adentrou na Alemanha, dirigindo-se à capital Berlim. À frente das tropas estão os tanques para limpar o terreno antes da chegada dos soldados. Um deles é o Fury, tripulado pelo sargento Don 'Wardaddy' Collier (Brad Pitt) e os soldados Grady 'Coon-Ass' Travis (Jon Bernthal), Boyd 'Bible' Swan (Shia LaBeouf) e Trini 'Gordo' Garcia (Michael Peña), todos embrutecidos pelo conflito em "Corações de Guerra", direção de David Ayer. A eles junta-se o novato Norman Ellison (Logan Lerman), que não está pronto para as batalhas. Não que seja covarde, mas não acredita na violência - seu lugar não parece ser a guerra.

Mas durante o transcorrer do conflito, seu coração começará a ser domado pelo sargento Collier, que fará com que Norman mude seu jeito de agir, como se sua alma fosse sendo dominada aos poucos. "Corações de Ferro" é um filme violento e não poderia ser diferente, com corpos explodindo no meio da lama, tanques e prédios indo pelos ares. As cenas de batalhas são impressionantes, e Brad Pitt quase reprisa o seu personagem de "Bastardos Inglórios", mas sem o lado irônico. Collier é um personagem frio, mas humano, que busca o respeito dos seus comandados.

Em "Corações de Ferro" há um toque de heroísmo por parte dos soldados americanos, que em determinado momento do filme se encontram no meio de uma "sinuca de bico", quando são cercados por um batalhão da SS. O que poderão fazer cinco homens contra mais de 300? São 20 minutos impactantes.

Cotação: ótimo
Chico Izidro

No comments: