Thursday, March 04, 2010

SIMPLESMENTE COMPLICADO



Ver um filme com Meryl Streep é sempre agradável (desde que aí não seja incluído o terrível O Rio Selvagem). SIMPLESMENTE COMPLICADO (It's Complicated, de Nancy Meyers) é um desses casos. Uma comédia desprentensiosa, mas com seu charme. Meryl Streep é Jane, dona de uma confeitaria, que após dez anos divorciada e sem namorado, começa a se ver na iminência de ficar sozinha. Uma filha vai para a faculdade, outra vai se casar e o filho se formou e certamente não morará com ela. A alegria dela é se reunir com as amigas uma vez por semana e se embebedar.
As coisas começam a mudar para Jane quando na formatura do filho, ela acaba, depois de muitas garrafas de vinho, tendo uma recaída com o ex-marido, Alex Baldwin, engraçadissimo. O problema é que ele está casado com uma mulher mais jovem e tem um enteado de cinco anos, um verdadeiro pentelho. Jane e Jake iniciam um caso, com todos os percalços que se possa imaginar e tendo de esconder a situação da família.
Com Jake de volta, começa a "chover na horta" de Jane, que conhece um arquiteto, o tímido e reservado Adam (Steve Martin, quase repetindo aqui o personagem de A garota da vitrine, e isso é um elogio). Apaixonado por Jane, Adam fará com que ela repense a vida. Uma cena imbatível da dupla é quando fumam um baseado escondidos, como se fossem dois adolescentes, numa festa. O final, claro, não anteciparei aqui. Mas foge um pouco ao convencional. E mostra que o amor pode, sim, aparecer para as pessoas que não creem mais nele.
Cotação: bom
Chico Izidro

1 comment:

Mariana said...

Adorei esse filme, ele apresenta ao mesmo tempo um espírito maduro e juvenil. E Meryl Streep é realmente fantástica, uma pena não ter ganho o Oscar.

Abraço!