Sunday, August 29, 2010

Os Mercenários



Existem coisas que não devem ser feitas. E uma delas é Os Mercenários, dirigido e estrelado por Sylvester Stallone, já com seus 60 e poucos anos e repleto de botox pelo rosto. Como todo mundo já está careca de saber, o filme provocou enorme polêmica, por ele ter feito comentários preconceituosos em relação ao Brasil, que serviu de palco para algumas das gravações.
E a história é de doer. Um grupo de mercenários, ora bolas, é contratado pela CIA, representada por Bruce Willis, que parece ser o ator mais inteiro do filme, para derrubar um fraco ditador de uma ilhota sul-americana, Vilhena. Que na realidade é controlada por um ganancioso traficante de drogas vivido por Eric Roberts, o irmão da Julia. O grupo, liderado por Stallone, e que tem entre os integrantes Jet Li, Jason Stratham e Terry Crews (o pai de Chris, da série Everybody Hate Chris), consegue derrotar um exército inteirinho, em que cenas beiram o ridículo e claro, inverossímeis.
Evidente que não dá para levar a sério este filme, que traz ainda Mickey Rourke, cada vez mais deformado, e uma rápida participação de Arnold Schwarzenneger.
O que se salva em Os Mercenários? A beleza estonteante de Giselle Itié, como a filha rebelde do patético e caricato ditador General Garza (David Zayas).
cotação: ruim
Chico Izidro
twitter: @chicoizidro

No comments: