Saturday, December 15, 2012

"Rota Irlandesa"


O diretor Ken Loach está em seu habitat tradicional em "Rota Irlandesa". O cineasta já tratou em sua obra as revoluções irlandesas e espanholas. Desta vez o foco político é no Iraque, reduto de mercenários após a queda de Saddam Hussein em 2004. A trama é ambientada três anos depois, e foca em dois grandes amigos de Liverpool, o irascível Fergus e o amável Frankie (John Bishop), que em uma missão acaba sendo morto na tal rota, trajeto perigoso nas rodovias iraquianas.

Ao separar o espólio de Frankie, Fergus (Mark Womack, em atuação soberba), acaba descobrindo que a morte do amigo tem forte ligação com o assassinato de uma inocente família iraquiana. Ao ir fundo na investigação, ao mesmo tempo que envolve-se com a mulher do amigo, Fergus começa a colocar para fora mais e mais a sua fúria, e a sentir uma profunda depressão. "Rota Irlandesa" não deixa de ser um filme de guerra, mas é um libelo contra ela - ao mostrar, mais uma vez, - que não existem inocentes e que ninguém, mesmo à distância homérica dela, consegue ficar fora de seu alcance.

Cotação: bom
Chico Izidro

No comments: