Thursday, September 14, 2017

"As Duas Irenes"



Com roteiro e direção de Fabio Meira, "As Duas Irenes" é um excelente filme nacional, falando sobre adolescência, amadurescimento, descobertas. A trama gira em torno de uma garota de 13 anos chamada Irene (Priscila Bittencourt) que, descobre possuir uma meia-irmã, fruto do relacionamento de seu pai , interpretado por Marco Ricca, com outra mulher, de mesma idade e com o mesmo nome, Irene (Isabela Torres).

Irene fica muito curiosa, e resolve se aproximar da meia-irmã, mas nunca revelando sua verdadeira identidade. Ela se apresenta como Madalena, e aos poucos as duas garotas vão ficando muito próximas e amigas. Irene frequenta a casa da outra Irene, mas o oposto nunca acontece. Além do mais, a primeira é mais tímida, e sofre um pouco com o descaso da mãe, que se preocupa mais com a filha mais velha e com a caçula. O mesmo não acontece na casa da meia-irmã, onde a mãe é mais presente, mais carinhosa, e não impondo muitas restrições a segunda Irene.

O filme se passa numa pequena cidade do interior, apresenta um ritmo lento, bem estudado. As cenas são longas e por vezes contemplativas. E às vezes lembra aqueles momentos dos anos 70, com o cinema pequeno, onde os adolescentes iam para namorar, longe dos olhos dos pais. "As Duas Irenes" é uma obra de grande qualidade, e tem um desfecho sensacional - lá pela metade ficamos pensando como será o confronto das meninas com o pai. Então a solução é um achado...

Duração: 1h29min
Cotação: ótimo
Chico Izidro
Post a Comment