Thursday, February 28, 2008

RAMBO 4



Em Rambo 1, de 1982, se discutia o descaso com os soldados americanos que retornavam do Vietnã para casa. Um belo filme. Depois a franquia decaiu e Rambo virou sinônimo de filme ruim. 20 anos depois da parte 3, Silvester Stallone volta a carga com Rambo 4, com o personagem-brucutu em mais uma missão nas selvas asiáticas. Desta vez, ele é tirado de seu suto-exílio na Tailândia para ajudar um grupo de mercenários a resgatar missionários americanos em Mianmar. Na primeira parte, há uma profusão de frases feitas sobre solidariedade. E em sua segunda parte, entremeada por uma espetacular cena de mais de 15 minutos numa base militar, proliferam os corpos despedaçados, cabeças decepadas e muitos tiros e explosões, que por incrível que pareça, não atingem o herói vitaminado. O filme não é feito para pensar e alguém pode dizer que estou sendo óbvio. Pode ser.

No comments: