Thursday, April 12, 2018

"1945"



O filme "1945" é baseado no conto “Hazatérés” de Gábor T. Szántó, que assina o roteiro com o diretor e Ferenc Török, e fala dos horrores da Segunda Guerra Mundial, mas sem ser explícito. Todo filmado em preto e branco, remete a nossa memória as imagens que nos acostumamos de ver no período, monocromáticas.

Toda a trama ocorre em apenas um único dia daquele ano, o último do conflito, mais exatamente em 12 de agosto, num povoado do interior da Hungria. Os moradores se preparam para o casamento do filho do tabelião da cidade, ou seja, a maior autoridade local, agindo como o dono de todos. Então eis que desembarcam dois judeus, o pai e o filho, portando duas caixas misteriosas. É o estopim para uma série de acontecimentos nas próximas horas.

Naquele período pós-guerra, e foi muito comum, os judeus sobreviventes do Holocausto, ao retornarem para seus lares, acabavam descobrindo que suas casas e pertences haviam sido tomados pelos moradores gentios. Muitos judeus acabaram assassinados ao tentar recuperar seus bens. A outros restou emigrar para outros países, de preferência a Palestina.

Pois os moradores do vilarejo húngaro têm culpa no cartório, e começam a acreditar que os dois judeus vieram retomar o que lhes era de direito. Assim, passam a jogar a culpa uns nos outros ou se sentirem culpados, como o bêbado da cidade, que tenta se confessar, mas até o padre está envolvido na conspiração que eliminou os judeus da localidade. "1945" é uma obra onde não aparecem nazistas e suas metralhadoras, onde não aparecem as câmaras de gás, mas a sombra deles está lá presente, mostrando que muita gente teve culpa num dos maiores crimes já praticados pela humanidade.

Duração: 1h31
Cotação: ótimo

Chico Izidro
Post a Comment