Thursday, September 04, 2014

"Se Eu Ficar"

Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) é uma encantadora adolescente, tímida, musicista clássica, que tem uma família fofa. Pais descolados, roqueiros e um irmãozinho encantador. Em "Se Eu Ficar", de R.J. Cutler, num certo dia de nevasca forte as aulas são suspensas, e a família decide passear. Então acontece um terrivel acidente, como carro se chocando com outro numa pista gelada e escorregadia. Mia acorda e o que vê? Ela mesma atirada ao chão, sendo socorrida por paramédicos. Uma experiência transcendental. Fora de seu corpo, a garota acompanha tudo o que acontece ao ser levada para o hospital, em coma, o atendimentos aos pais e irmão, e a chegada dos parentes e amigos à UTI.

A história então volta no tempo e mostra os momentos mais importantes da vida de Mia. Principalmente o namoro com o roqueiro Adam (Jamie Blackley), que estava meio abalado depois que ela decidiu estudar na escola para artistas Julliard, em Nova Iorque, ou seja, do outro lado do país. Aliás, ô bandinha de som ruim e chato a de Adam, mas que agradarão aos ouvintes menos exigentes. A garota passa horas intermináveis do filme vagando pelos corredores do hospital, enquanto seu corpo briga para sobreviver ao acidente que o colocou em coma. E Chlöe Grace Moretz, geralmente bem em seus papéis, vide a Hit-Girl de "Kick-Ass" está especialmente ruim aqui, se limitando a caras e bocas. Já seu par romântico, Jamie Blackley, de "Branca de Neve e o Caçador" não fica atrás. Inexpressivo, com uma cara perdida em cena. A trama acaba se extendendo mais do que o suficiente, transformando-se numa choradeira insuportável.

Cotação: ruim
Chico Izidro

No comments: